Deterioração das pastagens tende a pressionar oferta nos próximos dias, aponta analista

A intensa onda de frio que atinge o país neste final de semana pode levar ao aumento das escalas de abate da indústria, pressionando ainda mais as cotações da arroba do boi gordo nos próximos dias. Segundo, Lygia Pimentel, analista da consultoria Agrifatto, a deterioração das pastagens devido às redução da luminosidade e risco de geadas pode elevar a oferta de boiadas nesse período.

“Com as piores condições de pastagem, o boi tende a reduzir ou inverter o ganho de peso e o produtor se vê pressionado a colocar o animal à venda para não comprometer o resultado operacional”, explica a analista. Segundo ela, a média de preços observada atualmente no país ainda sugere remuneração ao pecuarista, mas em alguns casos pode representar prejuízo àqueles que possuem custo de produção mais alto.

“Nem todos os produtores possuem as mesmas condições de produção e o setor vem sofrendo com quedas de preços reais há bastante tempo”, lembra a analista. Segundo Pimentel, o produtor precisa ficar atento às escalas de abate dos frigoríficos nos próximos dias, dado o peso da indústria na formação de preços no mercado do boi gordo.
Frio extremo pode derrubar preço do boi gordo